Melhor derivado do Ubuntu

Tive recentemente que abandonar o KDE, devido à incompatibilidade da placa do meu netbook. Não sei porque, mas a versão 5 do KDE faz a tela piscar a cada comando que faço no ambiente gráfico. Os demais ambientes não tem esse problema. A minha placa é da AMD, que não mais é compatível com a nova versão do X.org. Utilizando o Mate, vejo o quão é estável. Espero que em um futuro próximo eu possa voltar para o meu ambiente gráfico preferido. Quanto ao Ubuntu, acho-o muito bom, mas tenho a impressão que o Mint é melhor. Mais estável e sem surpresas. Parabéns ao time de desenvolvimento. Acredito que ficarei por aqui durante muito tempo ainda. Grande abraço.

Comentários

  • editado June de 2016
    Que bom que esta gostando. Espero que você não saia mais do Mint.
  • editado June de 2016
    Bem-vindo ao Mint, Ricardo!

    Conte conosco em sua aprendizagem!

    [b]Fique com Deus.[/b]
  • editado June de 2016
    Obrigado a todos pela acolhida. Bom, Ernandes, já testei o KDE no Mint sim. Mas pelo que me parece, o plasma 5 já está sendo testado pela equipe do Mint, o que significa que em breve ele estará no pedaço. O pessoal da AMD foi muito sacana não disponibilizando o driver atualizado para o X.org. Sei que estão fazendo um bom trabalho junto a equipe do Linux para a nova safra de placas e de softwares, mas no meu caso, fiquei na mão. A placa do meu netbook é uma Radeon HD 6290, e só funciona atualmente com os drivers livres. Aí já viu, né? Sem 3D, sem compiz, e o KDE depois de pouco tempo de uso embaraça a tela toda. Mas tudo bem. Estou bem com o Mate, ainda mais que é um derivado do Gnome, com o qual me dou bem, também. Ah! Essa placa gráfica também não funciona o driver proprietário com o Gnome 3. Eita nóis! Mas tudo bem. Espero ver a reversão de tantos problemas ainda este ano. Abraços a todos.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.