Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


o_desktop_perfeito_-_linux_mint_13_maya_cinnamon

Essa é uma revisão anterior do documento!


O Desktop Perfeito - Linux Mint 13 "Maya" (Cinnamon)

Este tutorial mostra como você pode configurar o Linux Mint 13 Maya que é um substituto completo para o Windows, isto é, possui todos os softwares necessários para a execução de atividades e tarefas tal qual no S.O. da Microsoft.

As vantagens aqui são claras: você tem um sistema seguro, sem restrições, que funciona até mesmo num hardware antigo. Além disso todos os software são livres, dispensando a necessidade de pagamento de licenças para sua utilização. O Linux Mint 13 é uma distribuição Linux baseada no Ubuntu que tem um monte de pacotes em seus repositórios (como codecs multimídia, Adobe Flash, Adobe Reader, Skype, Google Earth, etc…) que são relativamente difíceis de instalar em outras distribuições. Esta distro fornece, portanto, uma experiência de utilização amigável mesmo para os iniciantes no mundo Linux.

<note important>Primeiramente devemos deixar claro que esta não é a única maneira de criar um sistema desse tipo. Há muitas outras maneiras de alcançar este mesmo objetivo e essa é apenas uma delas. Não há nenhuma garantia de que o procedimento vá funcionar com você, portanto utilize-o por sua conta e risco!</note>

Nota preliminar

Para substituirmos completamente um desktop Windows precisaremos antes modificar o Linux Mint 13 de forma que ele passe a ter os seguintes softwares instalados:

Gráficos:

  • Pinta - Aplicativo de desenho;
  • KolourPaint - Aplicativo de desenho;
  • MyPaint - Aplicativo de desenho com uma grande variedade de funções de edição;
  • GIMP - Software livre substituto para o Adobe Photoshop;
  • Shotwell Photo Manager - Aplicativo de gerenciamento de fotos completo, desenvolvido para o desktop GNOME.

Internet:

  • Firefox;
  • Opera;
  • Chromium;
  • Thunderbird - Cliente de notícias e e-mails;
  • Flash player 11;
  • Evolution - Aplicativo que combina e-mail, calendário, livro de endereços e funções de gerenciamento de tarefas;
  • FileZilla - Excelente cliente FTP;
  • aMule - Aplicativo para compartilhamento de arquivos em redes P2P;
  • Transmission BitTorrent Client - Cliente Bittorrent;
  • qBittorrent - Alternativa livre par o µtorrent;
  • Vuze - Cliente Bittorrent em Java
  • Pidgin - Mensageiro instantâneo multi-plataforma;
  • Skype;
  • Google Earth;
  • Gwibber Social Client - Cliente para microblogs open-source(Twitter, Facebook, etc…)

Aplicativos de escritório (Office):

  • LibreOffice Writer - Substituto para o Microsoft Word;
  • LibreOffice Calc - Substituto para o Microsoft Excel;
  • Adobe Reader;
  • Evince - Visualizador de documentos;
  • Okular - Visualisador de documentos;
  • GnuCash - Sistema de finanças pessoais semelhante ao Quicken;
  • Scribus - Aplicativo de editoração eletrônica open-source.

Som e Vídeo:

  • Amarok - Player de áudio;
  • Audacity - Editor de áudio digital livre;
  • Banshee - Player de áudio que pode codificar e decodificar vários formatos e sincronizar músicas com os iPods da Apple;
  • MPlayer - Player de mídia em geral (áudio e vídeo) que suporta arquivos WMA;
  • Rhythmbox Music Player - Player de áudio, similar ao iTunes da Apple, com suporte a iPods;
  • gtkPod - Software semelhante ao iTunes da Apple. Suporta iPod, iPod nano, iPod shuffle, iPod photo e iPod mini;
  • XMMS - Player de áudio semelhante ao Winamp;
  • Clementine - Fork do Amarok 1.4;
  • Exaile - player de áudio;
  • dvd::rip - Software completo para a execução de cópias de DVDs;
  • Kino - Editor livre de vídeos digitais;
  • Sound Juicer CD Extractor - Ferramenta para ripar CDs que suporta vários codecs de áudio;
  • Nightingale - Player de áudio similar ao Winamp, porém não tão rico em recursos (fork do Songbird)
  • VLC Media Player - Player de Mídia (Vídeo e áudio);
  • Totem - Player de Mídia (Vídeo e áudio);
  • Xine - Player de Mídia. Suporta formatos variados e pode tocar DVDs;
  • Winff - Conversor de vídeo grátis,
  • SoundConverter - Conversor de áudio grátis;
  • XFCA - Conversor de áudio/vídeo e ripador;
  • Brasero - Software para gravar CDs e DVDs;
  • K3B - Software para gravar CDs e DVDs;
  • Codecs Multimídia.

Programming:

  • KompoZer - Editor HTML semelhante ao Dreamweaver, porém sem todas as funcionalidades deste;
  • Bluefish - Editor de textos. Software que se adequa a muitas línguagens de programação;
  • Eclipse - Ambiente integrado de desenvolvimento (IDE) open-source.

Outros:

  • VirtualBox OSE - Permite que você rode seu desktop Windows numa máquina virtual em seu ambiente Linux, de forma que voc~e não tenha que abandonar por completo o SO da Microsoft;
  • Fontes TrueType;
  • Java;
  • Aplicativos para escrita e leitura em partições NTFS;
  • Gedit - Editor de texto;
  • Gedib - Instalador de pacotes.

OBS: Todos esses aplicativos estão disponíveis nos repositórios do Linux Mint.

Como deve ter notado, alguns dos aplicativos listados acima são redundantes. Se você já sabe qual deles é o seu preferido obviamente não precisará instalá-los ao mesmo tempo. No entanto se você gosta de ter mais de uma opção de escolha então pode instalar os dois. O mesmo vale para os leitores de música como o Amarok, Banshee, Rhythmbox, XMMS ou os navegadores web (Firefox, Opera, Chromium).

Iremos utilizar o nome de usuário howtoforge neste tutorial. Por favor, substitua-o por seu nome de usuário, quando necessário.

Instalando o Sistema Operacional

A instalação do sistema operacional é extr emamente simples e não oferece muitas opções de escolha, evitando assim que o usuário cometa erros.

Baixe a imagem ISO DVD do Mint 13 a partir do site [http://www.linuxmint.com/download.php|Download], grave-o num DVD, e inicialize o computador a partir dele (quatro opções são dadas nas arquiteturas 32 bits e 64 bits, diferindo em seus ambientes de trabalho e nos pacotes que vêm pré-instalados. Iremos basear esse tutorial no Cinnamon DVD 64-bit com codecs, que é ligeiramente maior do que a outra sem eles. Se você optar por baixar e instalar uma imagem sem os codecs não tem problema, pois você pode atualizar o sistema posteriormente e então instalar os pacotes que estão faltando a partir da tela de boas vindas.

Você irá inicializar diretamente no ambiente Live, onde você pode tanto testar o sistema quanto instalá-lo. Para instalar, dê dois cliques em “Install Linux Mint”:

Selecione a linguagem e clique no botão “Continue” para iniciar a instalação:

Na próxima tela você encontra alguns requisitos necessários para a instalação do Mint 13 ( o sistema deve ter pelo menos 5,3GB disponíveis no HD, além de estar conectado a Internet ). Clique em “Continue”:

Agora iremos particionar o disco rígido. Em geral, o procedimento de limpar o HD e instalar o Linux Mint é uma boa escolha, a menos que você precise de partições extras e saiba realmente o que está fazendo. Ao limpar o HD e instalar o Mint será criada uma grande partição (todos os sistemas operacionais instalados além dos outros arquivos existentes no HD será deletados, caso você escolha esta opção):

Selecione o HD que você quer utilizar para instalar o Linux Mint:

Agora escolha o fuso horário:

Em seguida modifique o layout do teclado, caso necessário:

Tecle em “your name”, seu nome de usuário desejado além da senha, então clique em Continue:

Depois disso, o Linux Mint será instalado. o processo pode levar alguns minutos, portanto seja paciente:

Terminado o procedimento de instalado, lhe será pedido para reiniciar o sistema. Clique em Restart now:

No final do processo de desligamento, o sistema pedirá para remover do drive o DVD de instalação do Linux Mint. Faça isso e em seguida pressione ENTER:

O sistema, então, irá inicializar. Coloque o seu username e senha fornecidos durante a instalação:

Mais abaixo você confere a aparência inicial do Linux Mint Cinnamon (na tela de boas-vindas você pode atualizar o sistema para a versão DVD ou adicionar os codecs multimedia caso tenha instalado uma das versões sem codecs. Mesmo que você desabilite a tela de boas-vindas ainda poderá acessar esta opção no caminho: Menu > Preferences > Welcome Screen):

Após isso, o sistema estará pronto para ser utilizado.


Atualizando o Sistema

agora é hora de checar se há atualizações disponíveis. Para isso iremos utilizar o Update Manager. Para encontrá-lo siga o caminho: Menu > Administration > Update Manager.

Agora tecle sua senha:

O Update Manager mostrará quais atualizações estão disponíveis (você pode clicar no botão Refresh para atualizar a listagem). Click em Install Updates para instalá-las:

Quando o processo terminar clique em Close (se um novo kernel estiver entre as atualizações, será necessários reiniciar o sistema para que as alterações tenham efeito).


Flash Player e Java

O Flash Player e o Java(openJava) já devem estar instalados no sistema. Para verificar, abra o Firefox e tecle about:plugins na barra de endereços. O navegador irá, então, listar todos os plugins instalados. Dentre eles deve aparecer o plugin do Flash Player (version 11.0 r1).


Instalando softwares adicionais

Para instalar aplicativos adicionais abra o Synaptic (Menu > Administration > Synaptic Package Manager):

Tecle sua senha:

Com o Gerenciador de pacotes Synaptic nós podemos instalar aplicativos adicionais. Você pode usar o Filtro rápido para encontrar os pacotes. Para selecionar um desses pacotes, clique na caixa de seleção na frente dele e selecione Marcar para instalação no menu que irá surgir:

Se o pacote em questão tem uma dependência que necessita ser satisfeita, uma janela pop up irá aparecer. Aceite as dependências indicadas:

Os pacotes abaixo precisam ser instalados (o símbolo * indica que instalemos todos os aplicativos que iniciam com o nome indicado):

  • flashplugin-installer
  • audacity
  • dvdrip
  • filezilla
  • ttf-mscorefonts-installer
  • gnucash
  • k3b
  • kino
  • eclipse
  • kompozer
  • scribus
  • mozilla-plugin-vlc
  • acroread
  • non-free-codecs
  • ubuntu-restricted-extras
  • virtualbox-ose
  • skype (apenas a versão 32-bit. Iremos mostrar mais adiante o procedimento para a versão 64-bit)
  • shotwell
  • pinta
  • deluge
  • dropbox
  • marble
  • libreoffice
  • winff
  • openjdk-6*

Abaixo estão os pacotes alternativos ainda não abordados até o momento (Você não precisa instalá-los se estiver satisfeito com a listagem indicada anteriormente):

  • chromium-browser
  • opera
  • amarok
  • vuze
  • bluefish
  • gtkpod
  • mplayer
  • smplayer
  • xmms2*
  • sound-juicer
  • rhythmbox
  • xine-plugin
  • evolution
  • googleearth
  • soundconverter
  • soundkonverter
  • kolourpaint4
  • mypaint
  • qbittorrent
  • okular
  • xcfa
  • clementine
  • exaile

Após ter selecionado os aplicativos desejados, clique no botão Apply.

Confirme sua seleção clicando em Apply:

Os pacotes serão, então, baixados dos repositórios e instalados. Este procedimento pode levar alguns minutos, portanto seja paciente:

Você pode ter que responder algumas perguntas. Aceite-as e prossiga com a instalação:

Após a instalação de todos os pacotes, clique em Close:


Fontes TrueType

Para verificar a correta instalação das fontes TrueType, abra o processador de texto do LibreOffice. Você deve encontrar as fontes do Windows:


Instalando o Skype 64-bit

Nos repositórios do Ubuntu está disponível apenas a versão 32-bit do Skype. Para baixar a versão 64-bit clique no link abaixo e selecione a versão mais adequada ao seu sistema: http://www.skype.com/intl/en-us/get-skype/on-your-computer/linux/

O pacote será salvo na pasta de download padrão, ou seja, a pasta Downloads, localizada em sua pasta pessoal. Abra o Terminal e instale-o com os seguintes comandos (substitua howtoforge pelo seu username, e a versão do Skype por aquela que você tiver baixado):

cd /home/howtoforge/Downloads/

gdebi skype-ubuntu_2.2.0.35-1_amd64.deb


Informações Adicionais

  • Autor: Falko Timme
  • Última edição: 25/05/2012


Referências

o_desktop_perfeito_-_linux_mint_13_maya_cinnamon.1345474546.txt.gz · Última modificação: 2012/08/20 12:55 (edição externa)