Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


Writing /var/www/html/linuxmint.com.br/wiki/data/cache/cache_stats.txt failed
jogos:retroarch
Writing /var/www/html/linuxmint.com.br/wiki/data/cache/cache_stats.txt failed
Writing /var/www/html/linuxmint.com.br/wiki/data/cache/cache_stats.txt failed
Writing /var/www/html/linuxmint.com.br/wiki/data/cache/cache_stats.txt failed

RetroArch

RetroArch é mais conhecido como sendo um programa com o qual você pode jogar vários emuladores e jogos, todos personalizados e cuidadosamente portados para a API libretro.

É desenvolvido para ser rápido, leve e portável. Ele tenta ser uma tecnologia de ponta em termos de tecnologias suportadas, mas também tenta ser o mais retro compatível possível, um objetivo cheio de paradoxo.

A equipe do RetroArch basicamente portou vários emuladores para a interface/API Libretro, de forma que esses emuladores ficaram independentes de plataforma (windows, linux, mac OS X, playstation, xbox, android…). Em outras palavras, você pode rodar o emulador Genesis Plus GX, programado originalmente para Nintendo Wii, em qualquer plataforma, graças ao RetroArch e a interface Libretro.

Vantagens:

- Vídeo e áudio consistente para todos emuladores - Configure seu controle apenas uma vez (e pode ser reconhecido automaticamente) - Configuração centralizada, já que você usa apenas um frontend - Grande número de Cores/emuladores disponíveis

Instalação

O retro arch e seus cores não podem ser encontrados nos repositórios do linux mint ou ubuntu, no entanto, podemos instalá-los usando PPA.

PPA Estável

Este PPA contém apenas a versão estável do RetroArch e Cores. Também contém i core MAME, mas apenas os lançamentos oficiais Para adicionar este ppa ao sistema abra o terminal e digite:

  apt add-repository ppa:libretro/stable
  apt update

PPA Testing

Se estiver interessado em testar as coisas mais novas, você pode tentar o PPA Nightly/Testing. Ele tem as versões do RetroArch vindas direto do Git, e com cores ainda em progresso de desenvolvimento como Fuse e Virtual Jaguar. Também vem com a versão do git do core do MAME. Para adicionar este ppa ao sistema abra o terminal e digite:

  apt add-repository ppa:libretro/testing
  apt update

Instalação do RetroArch

Para instalar o RetroArch:

  apt install retroarch
  

Guia de Utilização

Termos

  • Core — um core ou um núcleo é um programa que roda no RetroArch (ou outro frontend libretro). A maioria dos núcleos são emuladores, mas podem ser também uma engine de um jogo como tomb raider ou doom, um player de música, vídeo, ou apenas um visualizador de imagens.
  • Frontend — um frontend, neste contexto, é um programa que pode rodar cores libretro (RetroArch, Minir, Kodi’s Retroplayer existem outros exemplos)
  • Content — content (ou conteúdo em português) é um jogo ou programa que é executador por um core, mas existem cores que não necessitam de content
  • Retropad — retropad é a abstração de entrada de controle do RetroArch, é a interface entre o controle físico e as entradas do cores
  • Save Files — save files são saves que são feitos de dentro do jogo, geralmente funcionam em plataforma diferente da qual foi criado e devem funcionar em um emulador diferente na maioria dos casos
  • Save States — save states são instantâneos do conteúdo da memória em um momento particular, geralmente não pode ser usados em plataformas diferentes da que foi criado e certamente não vão funcionar em um emulador diferente do que o criou.
  • System Files — arquivos adicionais que devem ou não fazer parte do romset ele pode ser necessário para fazer alguns conteúdos funcionarem (geralmente se refere ao arquivo de BIOS)
  • Autoconf Profile — um arquivo de configuração que possui definição dos botões para um controle em particular

Primeiras ações

Atualizador Online

Ao invés de usar o ppa para instalação dos núcleos, a melhor forma é baixar os núcleos direto no retroarch, através do atualizador online. Ao entrar no Atualizador, você verá diversas opções, algumas delas são muito importantes executar na primeira vez que abrir o retroarch;

- “Atualizar Recursos”, essa é a primeira coisa que você deve fazer, isso vai atualizar os recursos utilizado pela interface do retroarch, só precisa fazer isso uma vez, não precisa fazer sempre que entrar nessa tela;

- “Atualizar Arquivos de Informações de Núcleos”, essa é a segunda coisa que você deve fazer, é realmente como o título diz, atualiza as informações dos núcleos.

- outra coisa importante é “Atualizar Bases de Dados”, isso são informações sobre os jogos suportados por cada núcleo.

- A interface padrão do retroarch é meio estranha, para usar uma interface mais amigável, volte ao menu principal, usando a tecla backspace, depois aperte a tecla seta pra direita para ir para as configurações, entre em Driver, e mude a opção Menu para ozone, feche e abra o emulador para a alteração fazer efeito.

Depois de Feito isso, você deve baixar os núcleos que você deseja, entre na opção “Atualizar Núcleos” e você verá uma lista com os núcleos disponíveis. Como por exemplo MAME e FBNeo para arcade e BSnes e Snes9x para Super Nintendo.

Referências

jogos/retroarch.txt · Última modificação: 2020/05/11 03:54 (edição externa)