Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


diversospreferences:apt_ao_inves_de_apt-get

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
Próxima revisão
Revisão anterior
diversospreferences:apt_ao_inves_de_apt-get [2020/02/22 21:42]
welblade [Linux Mint Simplifica Ainda Mais]
diversospreferences:apt_ao_inves_de_apt-get [2020/04/03 04:24] (atual)
welblade
Linha 1: Linha 1:
-{{ http%3A%2F%2F3.bp.blogspot.com%2F-F-0VrA4gWxs%2FUHcwsA2t5UI%2FAAAAAAAAAL0%2FOIa_XUrs5P8%2Fs400%2Fapt-get_apt-cache.png?​200 }} 
 ====== Simplificando Gerenciamento de Pacotes com APT ao invés de apt-get ====== ====== Simplificando Gerenciamento de Pacotes com APT ao invés de apt-get ======
  
-<​note> ​Esse artigo é uma tradução livre, do artigo encontrado no site howtogeek. As opiniões mostradas no artigo refletem o ponto de vista do autor original.</note>+//Esse artigo é uma tradução livre, do artigo encontrado no site howtogeek. As opiniões mostradas no artigo refletem o ponto de vista do autor original.//
  
 APT (Advanced Package Tool), serve para gerenciar pacotes usando um monte de ferramentas separadas para realizar várias tarefas. No passado, para usar todo o conjunto de recursos do APT, os usuários precisavam saber diversas estruturas de comandos como apt-get, apt-cache, apt-config, e muitos mais. APT (Advanced Package Tool), serve para gerenciar pacotes usando um monte de ferramentas separadas para realizar várias tarefas. No passado, para usar todo o conjunto de recursos do APT, os usuários precisavam saber diversas estruturas de comandos como apt-get, apt-cache, apt-config, e muitos mais.
Linha 42: Linha 41:
 A lista abaixo contém as opções mais úteis do comando apt e quais comandos antigos eles simplificam. A lista abaixo contém as opções mais úteis do comando apt e quais comandos antigos eles simplificam.
  
- +**Instalar pacotes** 
-  * apt install <​pacote(s)>​+  * apt **install** <​pacote(s)>​
     * //substitui apt-get install <​pacote>​ //     * //substitui apt-get install <​pacote>​ //
-  ​* apt remove pacote(s)+**Remover pacotes** 
 +  ​* apt **remove** pacote(s)
     * //substitui apt-get remove <​pacote>//​     * //substitui apt-get remove <​pacote>//​
-  ​* apt search <​pesquisa>​+**Procurar por um pacote** 
 +  ​* apt **search** <​pesquisa>​
     * //substitui apt-cache search <​pesquisa>//​     * //substitui apt-cache search <​pesquisa>//​
-  ​* apt show <​pacote(s)>​+**Mostrar informações sobre um pacote** 
 +  ​* apt **show** <​pacote(s)>​
     * //substitui apt-cache show <​pacote(s)>//​     * //substitui apt-cache show <​pacote(s)>//​
-  ​* apt update+**Atualizar a lista de pacotes** 
 +  ​* apt **update**
     * //substitui apt-get update//     * //substitui apt-get update//
-  ​* apt upgrade+**Atualizar os pacotes** 
 +  ​* apt **upgrade**
     * //substitui apt-get upgrade//     * //substitui apt-get upgrade//
-  ​* apt list installed+**Listar pacotes instalados** 
 +  ​* apt **list --installed**
     * //substitui dpkg –get-selections | grep -v deinstall//     * //substitui dpkg –get-selections | grep -v deinstall//
     * //substitui dpkg -l//     * //substitui dpkg -l//
-  ​* apt list –upgradable (não requer sudo)+**Listar pacotes que possuem atualização** 
 +  ​* apt **list –-upgradable** (não requer sudo)
     * //substitui apt-get -u upgrade –assume-no” (requer sudo)//     * //substitui apt-get -u upgrade –assume-no” (requer sudo)//
-  ​* apt edit-sources+**Abre um programa para editar o arquivo /etc/apt/​sources.list** 
 +  * apt **edit-sources**
     * //substitui echo ‘new line of text’ | sudo tee -a /​etc/​apt/​sources.list//​     * //substitui echo ‘new line of text’ | sudo tee -a /​etc/​apt/​sources.list//​
     * //substitui sudo nano /​etc/​apt/​sources.list//​     * //substitui sudo nano /​etc/​apt/​sources.list//​
-  ​apt check <​pacote>​ Verifica ​se tem alguma dependência faltando para um determinado pacote+**Verificar ​se tem alguma dependência faltando para um determinado pacote** 
 +  * apt **check** <​pacote>​
     * //substitui sudo apt-get check <​pacote>//​     * //substitui sudo apt-get check <​pacote>//​
-  ​apt recommends <​pacote>​ Verifica ​quais pacotes recomendados para um determinado pacote, não estão ​ instalados no sistema +**Verificar ​quais pacotes recomendados para um determinado pacote, não estão ​ instalados no sistema** 
-  * apt version <​pacote>​ +  * apt **recommends** <​pacote>​  
-  * apt deb <​pacote.deb> ​+**Mostrar a versão de um pacote** 
 +  * apt **version** <​pacote>​ 
 +**Instalar um pacote .deb** 
 +  * apt **deb** <​pacote.deb> ​
     * //substitui dpkg -i <​pacote.deb>//​     * //substitui dpkg -i <​pacote.deb>//​
- 
- 
  
 ===== Linux Mint Simplifica Ainda Mais ===== ===== Linux Mint Simplifica Ainda Mais =====
-A maioria das versões mais recentes do sistemas operacionais baseados no Debian ou no Ubuntu possuem a versão atualizada do APT, o que permite que várias tarefas sejam simplificadas,​ mas a equipe do Linux Mint decidiu que o APT deveria ser simplificado a alguns anos atrás. O Linux Mint criou um script em python (em 2009) para fazer o APT mais útil e simples possível. Eu acho que o Debian veja o benefício de expandir as funcionalidades do apt, então no futuro todos poderam ​se beneficiar da abordagem simplificada do Mint. O comando apt pode ser muito melhor do que é hoje e espero que o Debian possa ver isso e levar o apt a alcançar todo esse potencial.+A maioria das versões mais recentes do sistemas operacionais baseados no Debian ou no Ubuntu possuem a versão atualizada do APT, o que permite que várias tarefas sejam simplificadas,​ mas a equipe do Linux Mint decidiu que o APT deveria ser simplificado a alguns anos atrás. O Linux Mint criou um script em python (em 2009) para fazer o APT mais útil e simples possível. Eu espero ​que o Debian veja o benefício de expandir as funcionalidades do apt, então no futuro todos poderão ​se beneficiar da abordagem simplificada do Mint. O comando apt pode ser muito melhor do que é hoje e espero que o Debian possa ver isso e levar o apt a alcançar todo esse potencial.
  
 Linux Mint decidiu fazer uma escolha interessante em seu script, removendo a necessidade de usar o sudo, Por exemplo, se você executar “apt install pacote” ele automaticamente vai aplicar o sudo em frente a ele no processo, então, não precisa lembrar se precisa do sudo ou não, o script vai aplicar ou não, de acordo com a necessidade. ​ Linux Mint decidiu fazer uma escolha interessante em seu script, removendo a necessidade de usar o sudo, Por exemplo, se você executar “apt install pacote” ele automaticamente vai aplicar o sudo em frente a ele no processo, então, não precisa lembrar se precisa do sudo ou não, o script vai aplicar ou não, de acordo com a necessidade. ​
  
 A lista abaixo possui as opções adicionais mais úteis disponíveis no comando apt do Linux Mint e os comandos que eles simplificam. ​ A lista abaixo possui as opções adicionais mais úteis disponíveis no comando apt do Linux Mint e os comandos que eles simplificam. ​
-<​note> ​Os comandos abaixo, ​até o momento, ​se aplicam apenas ao Linux Mint.</note>+ 
 +//Os comandos abaixo, ​podem não se aplicar a outros sistemas que utilizem o **APT**//
  
  
diversospreferences/apt_ao_inves_de_apt-get.1582407734.txt.gz · Última modificação: 2020/02/22 21:42 por welblade