Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


desabilitando_o_ipv6

Essa é uma revisão anterior do documento!


Desabilitando o IPv6

Muitos não sabem, mas certos problemas que ocorrem no carregamento de páginas da Internet no Linux se dão por causa do IPv6 que vem habilitado por padrão no Linux.

Vou mostrar como facilmente podemos desabilitá-lo!

Porque desabilitar o ipv6?

A explicação é que o ipv6 é apenas um protocolo (ou módulo) de rede que é linkado à sua placa de rede enquanto a mesma permanecer ativa. Se não tem “ipv6″ então esse processo de subir a placa de rede terá um tempo menor porque haverá um módulo a menos para carregar.

Para saber se o ipv6 está ativo em seu sistema, vá no menu GNOME→Aplicativos→Acessórios→Terminal e dentro do terminal execute o comando :

  cat /proc/sys/net/ipv6/conf/all/disable_ipv6

Se retornar “0” você está com o ipv6 ligado, “1” então desligado. Alguns seguem receitas para desabilitar o ipv6, note : mesmo quando ele já se encontra desabilitado em seu sistema ! Pior que isso é afirmar que seu sistema ficou mais rápido depois que seguiu a receita para desativa-lo.

Compensa deixá-lo habilitado?

Bem, também nada acontecerá a menos que você tenha em sua rede alguns produtos e serviços que usufruam dele. O ipv6 não é um protocolo “verbosivo”, isto é, quando ligado ele só fala com quem falar com ele. O ipv6 não fica realizando broadcast e pipocando pacotes a cada instante como seu irmão menor, o ipv4. Na realidade, o ipv6 é tudo com o que sonhamos numa rede : rotas automáticas, sem conflito de rede, sem dhcp para configurar (a menos que queira DNS automático) e muito mais. Assim, deixa-lo ligado não deixará sua rede mais devagar como alguns sugerem.

Mitos e verdades sobre a desativação do ipv6 no Linux

Bem, a resposta para isso podem ser muitas.

Podemos considerar que essas pessoas já tinham serviços e produtos instalados em seu computador ou na rede que usam o ipv6. Tanto Windows como Linux, já tem todos os serviços de infraestrutura de rede rodando com ipv6 : DNS, DHCP,… e que por sinal vem habilitados por padrão ! Não podemos esqueçer que já começam a aparecer no mercado switchs e roteadores compatíveis com ipv6 e que também vem habilitados por padrão.

Também há uma outra razão, em função do ipv6 ser relativamente novo, sua implementação na maioria dos sistemas pode ter falhas/bugs e com isso ser explorado falhas de segurança nele, além de haver bugs em programas que utilizem-no, por exemplo, algumas pessoas aconselharam a desabilitar o ipv6 para aumentar a performance do Firefox, bug do Firefox ou do protocolo? Não sei responder, mas houve um tempo realmente que desabilitar o ipv6 realmente aumentava a performance do Firefox, note : do Firefox apenas.

Outra coisa, já há relatos de programas nocivos (trojans, vírus, …) que exploram falhas especificamente em sistemas usando ipv6.

Assim, o relato de quem disse que seu sistema ficou mais rápido desabilitando o ipv6 pode ser verdadeiro porque as variáveis citadas ocorreram com ele.

Mas há outros como eu, onde o ipv6 não trouxe nenhuma perda de performance.

Razões para desativá-lo

  • Você pode desativar o ipv6 de seu computador para deixar o sistema mais leve, mas não se empolgue, pois trata-se apenas dum pequeno módulo.
  • Não deseja ser explorado por falhas em outros programas que tentem usar o ipv6 ao invés de ipv4.
  • Minha infra atual não suporta ipv6, logo não há motivos para deixa-lo ligado.

Se você quiser desabilitar o ipv6 de vosso sistema, então dê um ALT+F2 e execute :

  gksu gedit /etc/sysctl.conf

e cole no final do arquivo, as seguintes linhas :

  # desabilitando o ipv6
  net.ipv6.conf.all.disable_ipv6 = 1
  net.ipv6.conf.default.disable_ipv6 = 1
  net.ipv6.conf.lo.disable_ipv6 = 1

Salve o arquivo e reinicie o seu sistema.

Para saber se o ipv6 foi realmente desativado em seu sistema, vá no menu procure por um Terminal e dentro do terminal execute o comando:

  cat /proc/sys/net/ipv6/conf/all/disable_ipv6

Se retornar “1” então o ipv6 foi realmente desligado, se retornou zero então algo saiu errado e você continua a usar o ipv6.

Mas há razões para mantê-lo ativado

  • Uma hora ou outra aparecerão na internet e em nossas lans muitos hardwares falando ipv6 enquanto ainda haverá o ipv4, e quando essa hora chegar, sua máquina precisará falar com ambos. Por isso o ipv6 vem habilitado por padrão em Windows e Linux.
  • Se no meu ambiente, o ipv6 nem “cheira” e nem “fede”, porque mexer?


Concluindo

  • Agora você já sabe o que é o ipv6 e determinar se ele deve permanecer ativo ou desativado.

Créditos

Fonte: O amigo e usuário zekkerj zekkerj

desabilitando_o_ipv6.1330525770.txt.gz · Última modificação: 2012/04/14 02:54 (edição externa)