Não, o bom e velho desktop jamais morrerá...

eliseueliseu Eliseu
... ao contrário do que muitos apregoam por aí, dizendo que "no futuro só haverão smartphones":

http://www.tecmundo.com.br/tecnologia/27342-7-razoes-pelas-quais-o-pc-nao-vai-morrer.htm

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/tecnologia/2013/11/13/interna_tecnologia,473519/o-desktop-nao-morreu.shtml
·

Comentários

  • editado agosto de 2015
    Bem, é preciso destacar-se esse artigo é de 2012.

    Atualmente a venda de PCs é essa:
    [b][u][url=https://en.wikipedia.org/wiki/Market_share_of_personal_computer_vendors#2006.E2.80.932014]https://en.wikipedia.org/wiki/Market_share_of_personal_computer_vendors#2006.E2.80.932014[/url][/u][/b]
    [b][u][url=http://www.gartner.com/newsroom/id/3090817]http://www.gartner.com/newsroom/id/3090817[/url][/u][/b]

    Como se vê, a venda de PCs não para de cair e não há nada que indique uma reversão dessa tendência. Lembro que esses números referem-se a todos os PCS (laptops e desktops), pois se considerarmos apenas os desktops, certamente a queda será bem maior.

    Obviamente, não dá pra se falar em morte dos PCs, pois este ainda é um mercado bastante relevante (especialmente os laptops). Entretanto, os desktops vêm se tornando cada vez mais raros, com suas vendas restringindo-se atualmente quase que exclusivamente aos gamers e ao mercado corporativo.
    ·
  • eliseueliseu Eliseu
    editado agosto de 2015
    Complementando (inglês):

    [color=0000FF][url=http://techproessentials.com/the-desktop-strikes-back-tablets-fall-as-pcs-make-a-comeback/]The Desktop Strikes Back[/url][/color]

    Interessantíssimo esse artigo, colocando os pingos nos is quanto a esse assunto de "morte anunciada dos PCs". Ali está tudo claro.

    [url=https://translate.google.com/translate?sl=en&tl=pt&js=y&prev=_t&hl=pt-BR&ie=UTF-8&u=http%3A%2F%2Ftechproessentials.com%2Fthe-desktop-strikes-back-tablets-fall-as-pcs-make-a-comeback%2F&edit-text=][color=0000FF]Versão traduzida pelo Google[/color][/url]

    Detalhe: artigo recente, de janeiro de 2015.
    ·
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.